Tire suas dúvidas sobre a gripe
31 de maio de 2017
Conquista da acreditação é destaque na Taba Magazine
5 de junho de 2017

Como identificar e prevenir precocemente o câncer de pele

O câncer de pele é o tipo de câncer mais comum registrado no Brasil e no mundo. Seu diagnóstico precoce garante um bom prognóstico. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca) ele corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país e a estimativa de novos casos em 2016 foi de 5.670. O melanoma, sua forma mais grave representa apenas 3% dos casos das neoplasias malignas de pele.

Para garantir o diagnóstico precoce, a recomendação é observar sua pele, principalmente quanto à ocorrência de sinais e verrugas. Para saber se elas são um tumor, utilize a técnica ABCDE:

A – Assimetria: procure por verrugas ou sinais que são assimétricos ou desnivelados.

B – Borda: verifique se alguma verruga ou sinal possui uma borda irregular.

C – Cor: veja se alguma verruga ou sinal possui várias cores.

D – Diâmetro: observe se o diâmetro de alguma verruga ou sinal é maior do que uma borracha de lápis.

E – Evolução: veja se houve alguma evolução de tamanho em algum sinal ou verruga.

Caso você verifique uma ou mais destas situações na sua pele, procure um médico dermatologista para fazer um diagnóstico mais preciso da situação.

 

Prevenção 

Assim como outros tipos de câncer, o câncer de pele pode ser prevenido, principalmente pelas pessoas que se encontram em grupos de risco, como as que possuem pele muito clara, as que estão expostas ao sol por períodos prolongados e quem já possui histórico familiar. As principais medidas de prevenção são:

– Evitar a exposição ao sol entre as 10h e as 16h, pois é quando os raios ultravioleta estão mais intensos.

– Em qualquer período do dia, quando for se expor ao sol, proteja a pele utilizando chapéu, guarda-sol, óculos escuros e filtros solares com fator de proteção 15 ou superior.

– A cada mês verifique a sua pele e procure por irregularidades, conforme a técnica ABCDE.

– Procure um dermatologista uma vez ao ano se você se encaixa no grupo de risco de desenvolver câncer de pele.

Previna-se, realize o autoexame e procure um médico quando necessário.

 

Fontes:

http://www.curemelanoma.org/about-melanoma/educate-yourself/

http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/pele_melanoma

câncer de pele
Prevenção câncer de pele