Coleta a vácuo: mais segurança e conforto na hora do exame
6 de fevereiro de 2017
Obesidade: Quais fatores favorecem o seu aparecimento e como combatê-la
14 de fevereiro de 2017

O calendário da saúde

Alguns deles você já conhece: Outubro Rosa, Novembro Azul, Dezembro Vermelho. Entidades voltadas a uma doença específica se mobilizam em busca de um lugar no calendário para promover campanhas de prevenção e conscientização. As causas são nobres, principalmente ao levantar assuntos nem sempre abordados na mídia.

Aqui no Hemos apoiamos todas as causas que visem a promoção de saúde e do diagnóstico preciso de doenças, garantindo mais qualidade de vida para as pessoas. No entanto, em alguns casos o excesso de ruído com tais campanhas acaba desvirtuando o propósito da conscientização responsável, com informações equivocadas e a realização de inúmeros exames de forma desnecessária.

O diagnóstico precoce é essencial no tratamento de diversas doenças, como é o caso do câncer. No entanto, é necessário ter responsabilidade e conhecimento antes de encaminhar uma pessoa para a realização de exames. Antes de mais nada, é preciso saber se existe a real necessidade da realização daquele exame: se a pessoa se encontra em um grupo de risco ou se possui histórico familiar com a doença, por exemplo.

O problema se encontra quando estes exames apontam um falso positivo, por exemplo. O resultado pode causar outros procedimentos desnecessários, além de provocar angústia no paciente e nos familiares. A realização de exames sem a presença de sintomas ou sem evidências científicas que justifiquem a sua necessidade são questionadas por várias entidades em todo o mundo, como é o caso da U.S. Preventive Services Task Force, ligada ao governo norte americano.

Por isso, antes de realizar qualquer exame para diagnosticar uma eventual doença, converse com o seu médico sobre a real necessidade. Somente ele poderá dar a orientação correta sobre a pertinência e os procedimentos do exame. Lembre-se de que eles podem ser realizados em qualquer época do ano, não somente no mês da campanha de conscientização. Doença não escolhe hora para aparecer, por isso, cuide da sua saúde durante o ano inteiro.