Horário de atendimento no Dia do Trabalho
28 de abril de 2017
Hemos participa da Expogestão 2017
22 de maio de 2017

A importância da higienização correta das mãos

O corpo humano possui uma infinidade de micro-organismos. Boa parte deles é benéfica e ainda ajuda a manter as funções metabólicas. No entanto, no dia a dia estamos expostos a uma série de outros micro-organismos que podem causar doenças e infecções. A principal forma de transmissão é através das mãos, que possuem cerca de mil bactérias por centímetro quadrado. A melhor forma de evitar que estes micro-organismos façam mal à saúde ou sejam transmitidos a outras pessoas é com a higienização das mãos.

Vale ressaltar que apenas passar a água nas mãos não é uma higienização completa. Para tirar a sujeira e eliminar uma parcela destes micro-organismos é necessário fazer a lavação com água e sabão, esfregando as mãos e higienizando as áreas entre os dedos. Para uma higienização ainda mais completa, com eliminação de boa parte das bactérias, é recomendado o uso da solução alcoólica a 70%, friccionando as mãos. A higienização com álcool só é eficiente quando as mãos estão limpas, sem sujeira visível.

Algumas situações do dia a dia nos expõem a mais micro-organismos do que outras. Algumas delas são: ir ao banheiro, assoar o nariz ou espirrar, tocar animais, manusear resíduos e tocar superfícies como barras de transporte público e corrimãos, por exemplo. A higienização é fundamental após qualquer destas situações. A limpeza das mãos também deve ser feita antes de comer e manusear alimentos e antes de tocar mucosas do corpo, como a boca. Também é preciso higienizar as mãos antes e depois de ter contato com doentes e feridas.

Confira abaixo mais algumas informações sobre a higienização das mãos:

Fontes: Universidade de Westminster, Universidade São Camilo e Kimberly Clark Professional.